. psriodemouro
... Secretariado da Secção de Rio de Mouro - Sintra

22 Março 2009

O Sr. Ministro da Administração Interna, Dr. Rui Pereira, participou no dia 18 de Março p.p. numa iniciativa política com os militantes do Partido Socialista organizada pela concelhia do PS Sintra.

 

Inserida no ciclo de debates o PS Convida esta iniciativa teve lugar na sala de cinema do centro comercial Floresta Center, na Tapada das Mercê.

 

Estando na ordem do dia as questões de Segurança, esta sessão revestiu-se da maior importância, sobretudo pela possibilidade do próprio Ministro esclarecer aos presentes a estratégia até agora seguida na reorganização das forças de Segurança e no combate ao crime, que conduziram a uma DIMINUIÇÃO dos valores da criminalidade global, no País, no último trimestre de 2008.

 

Ao contrário de outras forças políticas que preferem utilizar situações pontuais de criminalidade como arma de arremesso contra o actual Governo e contra os eleitos pelo PS em geral, o Partido Socialista tem procurado, com este tipo de iniciativas abertas à população, esclarecer e tranquilizar os habitantes do Concelho sobre aquilo que já foi feito no combate ao crime, assim como sobre novas iniciativas em desenvolvimento.

 

O secretariado do PS de Rio de Mouro congratula-se com a realização desta iniciativa, tão oportuna num momento em que alguns eleitos locais do PSD/PP (como foi o caso do Sr. Presidente da Junta de Freguesia de Rio de Mouro em recente entrevista à SIC) pretendem fazer “baixa politica” à custa do agitar de “fantasmas”, acabando, objectivamente, por reforçar o sentimento de insegurança junto das populações.

 

O Sr. Presidente da Junta de Freguesia de Rio de Mouro, em declarações ao jornal “Cidade Viva” foi, finalmente, bem claro sobre o objectivo do seu depoimento na SIC: o “alvo” do mesmo era o Ministro, a quem pretendia “atingir”, mas se tal não foi conseguido então parece que já se contenta em “atingir” o PS – Sintra que, segundo, ele ficou “fragilizado”. Está enganado o Sr. Presidente da Junta de Freguesia de Rio de Mouro – como diz o povo, “não queira sapateiro tocar rabecão”! Parece, até, que a sua breve passagem pela televisão lhe criou uma ilusão de grandeza, julgando-se mais do que aquilo que efectivamente é

 

Reafirmamos que as suas (infelizes) declarações à SIC o único efeito que tiveram foi o de denegrir a imagem da Freguesia, de a caracterizar como “zona de criminalidade”, de “medo”, prejudicando objectivamente o património dos riomourenses, para além de deitar por terra a “auto-estima” das populações! Se tinha como “alvo” um Ministro do PS errou completamente o “alvo”, até porque duvidamos da capacidade do “atirador” para tal pretensão! A única coisa que conseguiu causar foram “danos colaterais” junto da população que o elegeu e que, certamente, não o fez para que ande a descrever Rio de Mouro como um sítio de “crime” e de “ruas desertas”, devido ao “medo”, após as 7 da tarde, até porque tal não corresponde à verdade!

 

Pela nossa parte continuaremos a ter uma postura de ponderação na abordagem desta temática, única que pode servir os interesses da população e preservar o bom nome de Rio de Mouro. Nesse sentido, e para além dos esclarecimentos que procurámos obter junto do Sr. Ministro da Administração Interna, durante a sessão acima referida, vamos igualmente procurar marcar uma reunião de trabalho com as chefias da PSP em Rio de Mouro, em conjunto com deputados municipais do PS, para análise da situação. Continuaremos, também, a exigir à Câmara Municipal de Sintra que não se demita do seu papel nestas matérias, quer através do apoio que a Polícia Municipal pode (e deve!) dar às restantes forças de Segurança, nomeadamente em matéria de vigilância junto a Escolas e/ou outros locais sensíveis, quer pela criação de espaços de lazer, de desporto, de Cultura, de integração, etc…, que funcionem como “travão” ao crescimento de fenómenos de criminalidade junto dos mais jovens.

 

Este é o trabalho e a preocupação que a população de Rio de Mouro espera de quem elege para a representar – e não o discurso contrário aos interesses da população desta freguesia!

publicado por psriodemouro às 23:52
 O que é? |  O que é? | favorito

Março 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
12
13
14

15
16
17
19
20
21

23
24
25
26
27
28

30
31


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Mesa Assembleia Geral 2012/2014
Eduardo Castro; Laurinda Cardoso; Rita Cortez Fernandes; Victor Nascimento; Hélder cardoso
Secretariado 2012/2014
Bruno Parreira; Júlio Cortez; Rosa Maria Santos; Vítor Tomás; António Peixe; Andreia Freitas; Arménio Silva; Florentino Bengalinha Louro; Mariana Burgette; Sandro Moniz; José Santos Parreira; Carlota Nobre; António Luís Lopes.
Mais informação sobre a Secção
pesquisar
 
blogs SAPO